Pesquisar este blog

Carregando...

sexta-feira, 13 de maio de 2011

Presidente da Caixa descarta bolha imobiliária

O presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Hereda, afirmou hoje, na abertura do 7º Feirão Caixa da Casa Própria, em São Paulo, que o evento mostra que a economia do Brasil não está em desaceleração e que o mercado imobiliário não passa por uma bolha. Leia mais...

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Bolha imobiliária faz venda de imóveis no Brasil cair 35% em 2011

Fim de festa! A farra acabou! Basta ver o desempenho das construtoras na bolsa de valores e o grande número de imóveis à venda. Leia mais...
Fonte: You Tube

terça-feira, 3 de maio de 2011

Probabilidade de bolha imobiliária em Brasília é alta

Pois é, leitores: não tem jeito – é difícil não estarmos vivendo uma bolha imobiliária no Distrito Federal. As estatísticas não mentem. Como tenho tentado alertar desde novembro de 2009, os preços praticados no mercado imobiliário do Distrito Federal são proibitivos, típicos de um mercado artificialmente inflado. Leia mais...

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Há uma bolha imobiliária?

O boom experimentado pelo mercado imobiliário brasileiro nos últimos anos tornou frequente uma pergunta: será que estamos vivendo uma bolha? Na minha opinião, não há motivos para essa desconfiança, uma vez que as garantias reais, aliadas às regulações e políticas que regem nosso sistema financeiro, imobiliário e de mercado de capitais, minimizam os riscos sistêmicos e o "gás" que deu origem às bolhas imobiliárias em outros países. Leia mais...
Fonte: O Globo

A Verdadeira Bolha Imobiliária – Os Terrenos

Esta não é a realidade do mercado de terrenos na grande maioria das cidades no país. O que vemos acontecendo é pura especulação, estabelecimento de valores baseados em “achismo”.
Mas como estabelecer o valor de mercado de um terreno? Leia mais...
Fonte: Econsorte

sábado, 30 de abril de 2011

Bolha Imobiliária VIII… Se os preços estão altos, o que fazer?

 
Esta questão depende de que lado estamos. Se você é proprietário e os preços estão astronomicamente altos é hora de vender? Nem sempre. Se você mora no imóvel que está subindo de preço e pensar com um trader, você ficará incentivado a tomar teus lucros e correr… Porém, se vc mora no imóvel terá que comprar outro e vai se deparar com preços ainda mais altos do que o imóvel que você vendeu. Vai ter que colocar dinheiro em cima, financiar uma parte e pagar caro por outro imóvel melhor nos preços atuais. Complica a vida um pouco, não? Aí, quando os preços caírem com o murchamento ou estouro da bolha você irá micar com um prejuízo pior do que o ganho que você teve. Você pode optar por pagar aluguel e esperar que a bolha estoure e comprar até mesmo o mesmo imóvel mais barato, pela metade do preço. Mas isso, é uma operação arriscad, os aluguéis estão caros e estamos no Brasil… onde a economia foi re-inventada… Ou seja, a bolha pode não estourar ou o real pode disparar e cair e perder valor e os preços nominais aqui continuarem a subir. Uma alternativa seria vender o imóvel, comprar euros ou dólares, comprar um imóvel em uma cidade grande no exterior e alugar. Os preços dos imóveis lá fora estão de graça se comparados com os preços daqui porque lá a economia é controlada por força econômicas de mercado e a bolha já estourou, um dia no futuro o equilíbrio retorna, as taxas de câmbio voltam a normalidade e os imóveis lá irão subir muito. E uma operação mais trabalhada e te cria um hedge e um retorno mensal mais apropriado e você poderá pagar seu aluguel aqui e ainda ter um imóvel, maior e melhor no exterior. Se você não tem imóvel e está pensando em comprar, espere para pagar mais barato, invista o excedente do dinheiro que você gera todo mês e crie um caixa maior. Quando os preços voltarem a realidade você poderá comprar um imóvel legal, com calma e do jeito que você quer. A Bolha irá estourar, está irreal e as coisas permanecem erradas por algum tempo, não pelo tempo todo. Estamos tendo oportunidades únicas neste momento, vamos analisar com calma e adotar as estratégias corretas, com a lógica e não somente com o coração… (imóveis em geral compramos com o coração…).
Fonte: http://tradingcafe.wordpress/





quinta-feira, 28 de abril de 2011

Contratos novos de aluguel sobem 15,3% em um ano em São Paulo


Os contratos novos de locação residencial assinados em março na capital paulista tiveram aumento médio de 2,1% em relação aos valores negociados no mês anterior. No acumulado dos últimos 12 meses, o acréscimo chega a 15,25%, segundo os dados do Secovi (Sindicato da Habitação) de São Paulo divulgados nesta quarta-feira. Leia mais...
Fonte: Folha de S. Paulo